ED-Comunicar: do conhecimento à mobilização

O Desenvolvimento e a Cidadania Global precisam de cidadãos e cidadãs envolvidos/as , que promovam o pensamento crítico e uma participação cívica ativa, baseada na cooperação e solidariedade. Para que esse envolvimento seja maior e melhor o ED-Comunicar procura:

Aumentar a visibilidade, o conhecimento e o reconhecimento da EDCG, em Portugal, criando espaços de apropriação por parte dos todos os atores do Desenvolvimento

ED-Comunicar é um projeto colaborativo implementado pela ADRA, em parceria com sete ONGD: AIDGLOBAL, Associação Par – Respostas Sociais, Fundação Cidade de Lisboa, Fundação Gonçalo da Silveira, Instituto Marquês de Valle-Flôr, Mundo a Sorrir e Rosto Solidário. 

 

Público-alvo:

  • Atores do Desenvolvimento
  • Organizações da Sociedade Civil
  • Técnicos Municipais
  • Órgãos de Comunicação Social
  • Público em geral

 

Temas

Para aumentar a visibilidade e reconhecimento da ED em Portugal, iremos ficar-nos nos seis temas do Referencial de ED:

  • Desenvolvimento
  • Interdependência e Globalização
  • Pobreza e Desigualdade
  • Justiça Social
  • Cidadania Global
  • Paz

 

Objetivos e Resultados

O ED-Comunicar vem reforçar o conhecimento e visibilidade da EDCG, promovendo a compreensão, o reconhecimento e o envolvimento de atores estratégicos e da sociedade portuguesa na discussão pública sobre os desafios para garantir um mundo mais equitativo e sustentável.

Com início em outubro de 2021, ao longo dos próximos 24 meses, iremos desenvolver atividades que nos permitam reforçar o conhecimento sobre os temas chave da EDCG. Assim o projeto está organizado em dois principais resultados:

R1. Conhecimento e conteúdo sobre temas chave da EDCG produzido

Estudos

Fichas (in)formativas

Infografias

Vídeos

 

R2. Conteúdos sobre temas chave da EDCG divulgados

Webinares

Podcasts

Artigos de opinião

 

Conheça a Ficha de Projeto aqui.

 

Notícias 📰

28/12/2021 – Lançamento do projeto ED-Comunicar: do conhecimento à mobilização

 

 

Projeto Cofinanciado por Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.

 

contribua